SUPREMO CONSELHO DO BRASIL DO GRAU 33 PARA O RITO ESCOCÊS ANTIGO E ACEITO
Fundado por Francisco Gê Acaiaba de Montezuma (Visconde de Jequitinhonha) em 12 de novembro de 1832
DELEGACIA LITÚRGICA DO ESTADO DE TOCANTINS - 25.3
Decreto nº 870 de 20 de Setembro de 2014

Delegado e Presidentes

Palavra do Presidente

Discurso proferido pelo presidente da Loja de Perfeição Ir.: Clerson Reis na cerimônia de elevação ao Grau 04 ocorrida na Augusta Loja de Perfeição D. Pedro I, Nº 02, região de Palmas, no dia 06 de maio de 2017.

Cumprimentar o Delegado Litúrgico. A gestão de nosso Rito no Tocantins está em boas mãos. A organização desse homem, a sua capacidade pacificadora, seu conhecimento intelectual de nosso Rito e sua abnegação em trabalhar incansavelmente pelo Rito nos dão essa garantia...
Tudo está em boas mãos...
Agradeço também aos irmãos que possuem vasto conhecimento maçônico, muitos já colaram o Grau 33 e se dispõem a colaborar humildemente para essa sessão, engrandecendo-a e enriquecendo o seu conteúdo.
É uma honra para nossa Loja de Perfeição poder contar com o apoio e a presença edificante de vocês
Mas eu, nessa data em que recebemos três novos irmãos quero falar, especialmente a estes, um pouco sobre a Loja de Perfeição... Já que iniciam hoje no Grau 4, acredito que uma breve orientação irá se de grande valia.
Loja de Perfeição, ou melhor, Loja de Aperfeiçoamento, tem o significado histórico do local onde se reuniam os artífices, que são operários especializados, sob o comando de Adoniram para concluir, ou aperfeiçoar, a ornamentação do Grande Templo.
A Loja de Perfeição, também, pode ser denominada de Loja Inefável. O adjetivo "Inefável" apresenta dupla interpretação:
ENCANTADOR, ou seja, uma obra ou uma ação encantadora;
INDIZÍVEL, que não se pode exprimir através de palavras.
Loja Inefável, passará a ser o receptáculo místico de ações que não podem ser expressas por palavras, mas a linguagem do silêncio perfeitamente, serve de comunicação.
Linguagem do Silêncio, pareceria um contrassenso, pois, toda linguagem exprime-se através de sons; ... há, contudo, sons que existem mas não se ouvem.
A linguagem Espiritual é inefável por natureza contudo, ela se comunica com a Divindade.
A força de um pensamento pode emanar sons peculiares que para muitos é imperceptível, mas cujas vibrações atingem a quem são destinadas.
A Loja de Perfeição é um Corpo Subordinado, porque não pode ser independente, tratando-se de um trabalho tão profundamente místico. A Subordinação não é só administrativa. Não se concebe um trabalho espiritualístico autônomo. É um conjunto subordinado a regras rígidas que dependem de um todo e, para exercitar essa subordinação espiritual, faz-se de todo necessário a subordinação administrativa.
Outra questão importante é que a Maçonaria é um governo hierárquico; a Maçonaria Azul, o simbolismo, apresenta forma democrática, ...
...Porém a MAÇONARIA VERMELHA É ARISTOCRÁTICA, - o termo aristocracia tem origem no grego “aristokrateia”, que significa “governo dos melhores” - no sentido de uma unidade em torno de um Chefe que abarca o aspecto material administrativo e direção espiritual.
O Soberano Grande Comendador do Rito, é o Chefe Espiritual Absoluto, poderoso, inquestionável. E aqui para nós, essa força está representada pelo nosso Delegado Litúrgico, Poderoso Grande Inspetor Geral Everton Kleber Teixeira Nunes.
No Brasil, a preocupação do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o REAA , sempre foi a administrativa, a de fortalecer e unir os Membros dos Corpos.
Do Supremo Conselho, não saem obras pedagógicas de orientação quanto ao desenvolvimento e interpretação dos Rituais; nesse sentido; os Corpos trabalham como autodidatas.
Tratamento: uma Loja de Perfeição tem o tratamento de “EXCELENTE” ou "EXCELSA" ou ainda “INEFÁVEL” - de beleza indizível.
Ambos os tratamentos significam o que excede, o que vai além, o que é superior; os onze Graus que compõem a Loja de Perfeição constituem os ensinamentos e as práticas que excedem aos três primeiros Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito.
O presidente, que representa o Rei Salomão, é denominado de Três Vezes Poderoso Mestre, tratamento usado entre nós.
O tratamento tríplice evoca no Presidente, o Rei Salomão, o Hirão Rei de Tiro e a Hiram Abif, cujas personalidades fundem-se misticamente, como verão mais adiante.
Espiritual e misticamente, a direção de todos os trabalhos maçônicos nos Graus inefáveis, é presidida por Salomão, que traduz SABEDORIA E A PRÓPRIA DIVINDADE em seus aspectos operativos.

Os Vigilantes têm o título de Inspetores;

Adoniram, Inspetor dos trabalhos, segundo o relato bíblico, Adoniram era príncipe da casa de Israel (Io Rei, 4-2) e sua função era a de inspecionar os tributos. O poder político e religioso era assim distribuído: Sacerdotes, Secretários, Chanceleres, Exército, Provedores, Oficial-mor, Mordomos e Tributos.

Os Vigilantes têm o tratamento de Veneráveis Irmãos.

Os Obreiros o de Mestres Secretos.

O Templo: A Loja de Perfeição representa no Grau 4, o Templo do Rei Salomão, portanto, o Grande Templo.

A Câmara é dividida em duas partes: o Oriente e o Ocidente...

O Grau 4, o de Mestre Secreto, é uma continuação do 3 (Mestre Maçom) e por o seu desenrolar chora-se a morte por assassinato do Mestre Hiram. Os culpados ainda não foram punidos, encontrando-se foragidos. O que faremos com eles? Executaremos sumariamente? Deixaremos eles foragidos? Perdoaremos? Julgaremos em um Tribunal? Todo esse processo será um grande aprendizado.
Importante termos a total compreensão do que é esse templo que nos propormos decorar até tornar inefável? ... Que templo é esse? ...
... Pensemos e hajamos percebendo que esse Grande Templo somos nós mesmos, nosso mais profundo interior...
Nosso mais valioso bem...
Esse é o Templo que conclamo a todos nós trabalharmos e decorarmos...
... pausa longa...
Já finalizando, agradeço, mais uma vez, profundamente, a presença dos irmãos mais experientes que nos iluminam com seu conhecimento, especialmente a de nosso Poderoso Grande Inspetor Geral Everton Kleber Teixeira Nunes, exemplo e guia de nossos trabalhos.
Obrigado aos irmãos que auxiliaram nessa sessão
Aos recém elevados quero desejar que venham de coração aberto para unir, que venham dispostos a repensar e até violar algumas convicções que se forjaram ao longo do tempo, que tragam amor e vontade de evoluir e dedicação aos estudos e à maçonaria filosófica.
Parabéns a todos que iniciam essa longa caminhada...
Que o GADU nos acompanhe a todos.

Clerson Dalvani Reis
Presidente da Loja de Perfeição D. Pedro I, nº 2
Região de Palmas

© 2015 Loja de Filosofia Maçonica. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por Vanius GIRODO - 1º Certificado JOOMLA da América Latina

Search